Seguir por Email

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

COMENTÁRIOS EM DESTAQUE

Dr. João Grilo,
Em primeiro lugar queremos felicita-lo pela enorme vitória conseguida por si e por todos os as pessoas que convictamente o acompanharam nesta luta. Destacando principalmente o Sr. Galhardas, que desde o início esteve a seu lado e corajosamente abdicou do seu lugar de vereador para lutar contra a falta de princípios morais e políticos do Sr. João Nabais, então presidente da autarquia.
Vemos na actualidade algumas pessoas referirem-se à política como sendo uma praxis humana onde, severamente, se conflituam interesses antagónicos que geram injustiças, desigualdades e instabilidade. Não querendo interpretar as coisas desta forma, entendemos, que a política ao tratar-se de um praxis humana, está constantemente sob risco de não ser praticada pelas pessoas certas e, foi o que, infelizmente, se verificou no Alandroal nos últimos 8 anos. Esta é a visão de alguém, que para além da experiência de cidadãos atentos apenas detêm alguns conhecimentos teóricos sobre o assunto.
Contrariamente ao que o Sr. Presidente do Alandroal fez durante os seus dois mandatos, os presidentes de câmara não devem ser políticos, mas sim pessoas atentas que se preocupem com a qualidade de vida de todos os munícipes e não apenas com o caprichos e sede de sucesso daqueles que lhe são mais próximos. Neste sentido, desejamos que desenvolva todas as suas acções, enquanto presidente de Câmara, com base no rigor, no profissionalismo e no respeito por todas as pessoas, representando todos e não apenas aqueles que deram a cara pelo nosso movimento. Se assim for, não duvidamos que aderirá a confiança de muitos, que ainda hoje, desconfiam do MUDA e das suas reais motivações. Este sentimento de desconfiança é, no entanto, perfeitamente compreensível se considerarmos que, nos últimos anos, o poder locar no Alandroal se assemelhou aos regimes totalitários do século XX.
Vamos utilizar o voto de confiança que os alandroalenses deram ao MUDA para demonstramos que, contrariamente ao que muitas pessoas diziam, não somos um grupo de pessoas imaturas, inexperientes e com sede de vingança. Somos sim um grupo, que norteando as suas acções pelos princípios da democracia, se interessa pelo desenvolvimento sustentado do Alandroal e pela promoção de maior qualidade de vida aos seus habitantes.
Confiantes de que não vai defraudar os que o acompanharam e votaram no MUDA, desejamos-lhe muita sorte para esta nova fase da sua vida e do rumo do Alandroal. Sabemos que está consciente das dificuldades e isso “é meio caminho andado” para o sucesso do seu primeiro mandato como Presidente da Câmara de Alandroal. Muitos Parabéns à equipa e muita sorte.
Com os melhores cumprimentos,
Artur Roma
Dulce Dias Gonçalves

2 comentários:

Anónimo disse...

Este artigo transmite uma grande verdade, gostei do que li.

Mas sei que a batalha que o futuro presidente vai ter pela frente, vai ser muito dura.

Verbas escássas, tudo desgovernado sem pés nem cabeça, eu não queria estar no seu lugar, sinceramente verdade.

Força e confiança na MUDAnça, cumprimentos de eumudei2009.

Anónimo disse...

Mas qual batalha qual carapuça! A vontade de trabalhar e a honestidade é que contam. Com a ajuda de todos tudo se irá resolver para bem do concelho. Esse é o espírito da MUDAnça e é esse que vai prevalecer!