Seguir por Email

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Alandroal: O que muda com o MUDA?


João Grilo

O sentido da Mudança escolhida pelos Munícipes do concelho de Alandroal no passado dia 11 de Outubro de 2009 é envolver, desenvolver e apoiar.
Envolver a população, aproximando o cidadão da autarquia.
O Alandroal vai ter um presidente presente e uma equipa disponível que dê resposta atempada aos problemas e solicitações dos munícipes.
O atendimento semanal ao munícipe, pelo presidente, vai passar a ser uma prioridade. No âmbito desta política de aproximação entre o munícipe e a Autarquia e de garantia de respeito pelos direitos do cidadão no seu relacionamento com a mesma vai ser criada a figura do Provedor do Munícipe que deve acolher e investigar as reclamações dos munícipes sobre o funcionamento dos serviços.


Respeito
O Alandroal vai passar a ter um clima de respeito pelas liberdades individuais e pelos princípios de uma cidadania activa. O Alandroal vai MUDAr no sentido de DESENVOLVER o concelho numa óptica de sustentabilidade, onde as dificuldades do passado e do presente (êxodo populacional, população envelhecida, agricultura de subsistência, baixa qualificação dos recursos humanos, economia local de base frágil) podem ser as oportunidades do futuro (usos e costumes milenares, altos níveis de preservação ambiental, agricultura tradicional e biológica, produtos locais de elevada qualidade).

Gestão
Vão ser aplicadas regras de boa gestão: nem um euro mal gasto, com tolerância zero aos desperdícios, Pagar a tempo e horas, com especial atenção aos fornecedores locais, Pagar a tempo e horas todos os compromissos assumidos pela câmara no âmbito dos regulamentos em vigor (bolsas de estudo, acção social escolar e as comparticipações associadas ao Cartão do Munícipe Idoso e Cartão do Jovem Munícipe). Vamos apostar na agricultura, começando pela elaboração de um Plano de Acção em estreita ligação com as Associações de Agricultores do concelho.


Investimento
O Alandroal vai MUDAr e para isso aposta nos recursos endógenos do concelho como forma de promover o seu desenvolvimento económico, como sejam, artesanato, turismo, ambiente, produtos tradicionais.
Vai ser criado o Gabinete Alandroal a Crescer para apoiar, aconselhar e acompanhar os projectos de investimento. Vai haver um Programa alargado de Medidas de Apoio à Instalação de Empresas no Concelho. Vai MUDAr a política de apoio ao Turismo como motor de desenvolvimento do concelho, implementando um Plano de Acção com a criação da marca "Alandroal, Terra de Endovélico" para promoção do turismo do concelho e produtos turísticos associados.


Turismo
Vai dar execução imediata aos projectos de investimento na área do turismo, com uma aposta clara no Turismo do imaginário associado ao culto do Endovélico, no Turismo de Aldeia e ao projecto de requalificação da fortaleza de Juromenha, no âmbito da parceria-público privada estabelecida.
O Alandroal vai APOIAR de uma forma adequada e consistente os seus munícipes, promovendo uma acção social concertada e uma educação verdadeiramente universal e gratuita numa escola inclusiva que pode ajudar a quebrar ciclos de exclusão que neste momento persistem em continuar. Vai assegurar a continuidade e a qualidade dos cuidados de saúde em todo o concelho.
A estratégia assumida passa pelo efectivo trabalho em rede onde todos os parceiros são estimulados a dar o seu melhor contributo para a resolução dos problemas e onde a câmara assuma o seu papel de coordenação e dinamização de um trabalho do qual resultem as sinergias necessárias para melhorar as condições básicas de vida dos idosos, das famílias carenciadas, das crianças em risco e da população em geral.
Notícias Alentejo
Quarta, 14 de Outubro de 2009 - 09:58

24 comentários:

peixe banana disse...

muitos parabéns, aqui em viana também mudamos.

gostei muito da vossa imagem e da vossa campanha, vai ser decerto uma mudança muito importante para o vosso concelho.

bom trabalho

Anónimo disse...

Gostaria de deixar aqui um texto que escrevi há tempos no meu blog. Vai de encontro ao que se continua fazendo por aqui:
O Poder da inteligência
As relações entre as pessoas são, por vezes, especialmente complexas. Estão carregadas de influências mútuas, umas são construtivas, mas outras podem chegar a ser profundamente devastadoras.
O Poder é a capacidade para influenciar os outros, para o bem e para o mal, admitindo portanto, poder ser uma bênção ou uma agressão.

“O Poder pode ser utilizado para a competência e cooperação, em vez de para o domínio e o controle.”
(Anne L. Barstow)

Cada um de nós, pode escolher ser poderoso ou impotente perante qualquer circunstância da vida. Sem importar o quanto nos sintamos frustrados, sem subestimar as dificuldades da vida, teremos sempre a oportunidade de empreender um objectivo, de pensar e acreditar que existe uma opção. No momento em que registarmos esta consideração na nossa mente, estamos sendo poderosos.
O poder baseado em princípios é sólido, baseia-se no respeito pelas pessoas, nas quais desejamos influir, e deve conduzir a uma interdependência. Ambas as partes tomam decisões e escolhem alternativas. Este tipo de poder alimenta uma conduta ética porque os implicados se sentem livres e expressam as suas razões e opiniões em função dos seus conhecimentos, necessidades e expectativas.
É evidente que o exercício do poder requer, para além do respeito pelos outros, capacidade de persuasão. Devemos ser persuasivos e determinantes, mas não ofensivos.
A amabilidade e o respeito pela vulnerabilidade alheia são condição essencial. Simplesmente, tratar os outros como gostaríamos de ser tratados. É importante ser-se coerente. Isto não significa que temos de portar-nos de modo semelhante com todas as pessoas, em qualquer momento ou lugar. Significa antes que devemos orientar-nos sempre pelos mesmos princípios básicos, de cada vez que actuamos.
Todos, definitivamente, desejamos o poder. Não se trata necessariamente de chegar a ser ministro ou presidente, ou responsável de uma multinacional, trata-se sim de influir nas pessoas que nos rodeiam, filhos, amigos, colegas, etc., com o propósito de obter o respeito, a colaboração, o entusiasmo e a conquista dos nossos objectivos.
Se trabalharmos todos estes princípios, de forma serena, honrada e consciencializada, estamos na direcção exacta para o conseguir.
É só uma questão de tempo.



O CONCELHO DO ALANDROAL TEM HOJE UMA OPORTUNIDADE.

Anónimo disse...

agora ver vamos como está essa camara, quando começarem a "virar os tapetes" e a encontrar a poeira do sr que saiu!

Anónimo disse...

só tenho pena é que na mensagem deixada, não apareça a cultura!sem cultura não há desenvolvimento, sr presidente!

Anónimo disse...

Muita força, muita coragem e muita sabedoria, é o meu desejo para o Srº João Grilo gerir o município.

Os meus mais sinceros parabéns, Sei que vai ter uma montanha muito íngreme para escalar, mas com inteligência e perspicácia, acredito que vai conseguir chegar ao topo sem resvalar por ela abaixo.

Para que tudo corra bem necessário será termos um presidente que seja coenrente e goste de trabalhar em equipa, saber ouvir, saber falar e acima de tudo ser educado para com todos, sejam eles mais evoluidos ou menos.

São estas belas qualidades que eu consegui vislumbrar no tempo em que foi vereador, não será agora que vai deixar de ser quem era por ser Presidente da autarquia.

Bom trabalho, muito sucésso e cá o espéro a partir de 02-11-09.

Será bem vindo, cumprimentos de eumudei2009.

Anónimo disse...

Muitos Parabens a Todos os envolvidos nesta Campanha tão bem sucessida e vitoriosa.

Apelo aqui agora ao Sr. Presidente João Grilo, que não se esqueça das nossas vias de comunicação, pois é o meio principal de entrada e saida do prograsso para o nosso Concelho.
Necessitamos das estradas arranjadas muitos de nós trabalhamos no concelho vizinho de Vila Viçosa e temos de nos deslocar alguns Km para não rebentar o pouco que nos sobra dos nossos carros que tanto necessitamos para nos deslocar.

Ficamos a aguardar por grande necessidade Obrigado a todos pela mudança.

Anónimo disse...

Talvez tardios, mas podem querer que são muito sinceros os parabéns que endereço a todos os envolvidos neste projecto e em especial ao João Grilo.
Não voto no concelho, mas sou sacaio desde que nasci e fiquei muito contente e feliz por finalmente chegar esta MUDAnça ao meu concelho de coração.

Desejo as maiores felicidades para o futuro

Mais uma vez muitos parabéns.

Rogerio Rocha

Sara Coelho disse...

Parabéns, Parabéns Dr.João Grilo e restante equipa da direcção do MUDA, desde o 25 de abril que não tinha uma alegria tão grande, vamos para a frente assim é que é Alandroal merece gente assim, mas não nos decipcione não faça como outros que assim que entraram trouxeram logo gente doutros lados, ouvi dizer que quer trazer um senhor de Estremoz que eu conheci na Choupana o João Canhoto não faça isso porque nós temos gente aqui no alandroal com qualidadae e nós queremos desenvolvimento que voçê prometeu.

Anónimo disse...

Faço um apelo no nosso blogue mudalandroal aos apoiantes do MUDA para que não comentem sobre a postura do novo presidente de Câmara João Grilo. Os funcionários da Câmara Municipal com quem contacto dizem-me que como vereador era uma pessoa educada e que cumprimentava sempre os funcionários. Eu contactei com ele na campanha da MUDAnça e posso testemunhar a mesma pessoa educada e respeitadora para todos quantos se lhe acercaram para cumprimentar ou ser cumprimentados.
É bom que percebam que João Grilo tem que governar com paz e a ajuda de todos... Mas antes tem que governar. Só depois se poderão fazer juízos de valor.
Penso que é de elementar justiça!

Carlos Galhardas

Anónimo disse...

Mas que lapso "Alandroal Terra do Endovélicp" pela lógica seria "Terena Terra do Endovélico".

J.Mira

Anónimo disse...

Boa!
Os eleitores levaram-no até onde ele nunca pensou que fosse tão fácil lá chegar, precisamente porque querem um Presidente competente, mas de bom relacionamento a todos os níveis.
E temos a certeza de que não nos decepcionará.
Eu tenho fé e penso que merecemos isso.
Despeço-me com o desejo de um bom desempenho para o cargo que ocupará durante os próximos 4 anos, com continuidade no futuro.

Telmo disse...

A Sra. Sara,

Compreendo a sua posicao, dada a falta de empregos, mas tenha cuidado porque me parece bastante Nacional-Alandroalista.
Felismente Alandroal nao e' uma ilha e tira bastante partido disso.
Nem o Ronaldo e' de Madrid.
Nem a Camara deve repartir tachos.
Lisboa nao vai tolerar estes comportamentos provincianos e tribais muito mais tempo. Quem viver ate la prepare-se que os municipios hao de ter que ter pelo menos 10000 habitantes.
Ja no seculo XIX foram impostos pelo poder central e por vezes a lei da bala.
Ha que abrir mentalidades.
Atentamente

Telmo

Anónimo disse...

Pois é Dr Telmo concordo só um bocadinho consigo porque o Dr. João Canhoto até pode ser boa pessoa mas já cá esteve e ouve muitos problemas na choupana por causa dele e até meteu -se em tribunal por isso agente não precisa de pessoas com problemas e o Dr. Grilo sabe isso.
Sara

Anónimo disse...

QUERIA PEDIR AO SR PRESIDENTE JOÃO GRILO, QUE UMA VEZ QUE O NABAIS QUER FICAR COMO VERIADOR, QUE O DEIXE FICAR PORQUE É MAIS FACIL A PJ APANHA-LO NA CAMARA QUEM EM CUBA OU NO BRASIL.
Força João Grilo Santiago está contigo.MUDA!!!!!!!!

Telmo disse...

Estimada D. Elsa, aprecio o seu comentario e assumo a minha distancia a algumas questoes concretas de que a Sra. tera melhor conhecimento de causa.
Ja agora nao sou Dr., por acaso Arquitecto, mas agradeco sinceramente a sua amavel deferencia.

Ao ultimo anonimo, acho muita piada. Sim deixe-se o Joao Nabais como Vereador de Festas, Touradas e Arraiais. Que comece com uma barraquinha de rifas feitas com papeis de facturas por pagar para financiar os espectaculos.

Luazul disse...

Reitero os meus parabéns a todo o grupo do MUDA encabeçado por João Maria Grilo, pela batalha ganha.

Agora arregaçadas as mangas darão início ao trabalho que se proposeram fazer.

Não faltarão ideias vindas daqui e dali, sobre o que o Alandroal mais necessita, cada um de nós terá pelo menos uma!

A minha área de trabalho é o Turismo, não é no entanto por isso que vou "puxar a brasa ao Turismo".

Vejo o Alandroal de um modo global, todas as suas carências, mais-valias e potencial.

Li aqui algumas achegas do tipo "não se esqueça disto ou daquilo", recolhi uma palavra "Cultura" e podia desenvolver bastante esta área concentrando-me na componente "animação" mas não é essa a minha intenção.

A minha intenção é pegar na palavra "cultura" e chamar a atenção de todos os que apoiaram esta campanha, que agora está na hora de arregaçarmos as mangas também, e trabalharmos unificadamente, para que o novo Presidente da CMA, pessoa que sempre trabalhou de porta aberta, o continue a fazer com a nossa ajuda, as nossas ideias, o nosso apoio; ou seja abolirmos uma vez por todas a "cultura de pedir" e adoptarmos a "cultura de trabalharmos em conjunto".

Virgínia Dias

Anónimo disse...

O Nabais despediu um Arquitecto de nome Telmo. É voçê? depreende-se pela sua participação neste blogue e pelos recentes comentários que tenciona voltar para a camara?

Anónimo disse...

Declino o (des)convite. Nao tenciono voltar para o Alandroal.
O tempo nao volta para tras.
We moved on.

Sobre os meus comentarios: nem todos somos cinicos. Tenho valores morais.

Telmo

Anónimo disse...

se alargarem geograficamente o alandroal mais para o lado de terena talvez possam dizer [alandroal terra do endovelico]assim como em tempos passados ja nos levaram a camara, gnr. se isto vier a acontecer nao vou dizer mais alandroal vou dizer [aladrao].

Anónimo disse...

Sim.
Nao.

Telmo

Anónimo disse...

Escusava de misturar inglês com Português Sr. Telmo, nem todos temos as mesmas capacidades :D

Anónimo disse...

só gente inculta é que não entende que por se dizer terra do endovelico não esta a roubar nada a terena uma vez que sera uma marca a nivel do concelho INTEIRO desde terena, alandroal, pias, juromenha, marmelos é TODO o concelho e em vez de achar que se esta a roubar a terena devia era ver que trara mais riqueza em todos os tipos desde cultural a economica para o concelho!Pela sua logica egoista o slogan do alandroal teria que ser "Alandroal um concelho 3 castelos, onde um deles é o de Terena"!Acho que devia saber primeiro em que consiste a nova marca "Terras do endovelico" antes de começar logo a criticar, que não digo estar errado mas não tem a razão desta vez!Boa tarde a todos vós e viva MuDA!

V.N

Anónimo disse...

A SUA LOGICA TEM A IDENTIDADE A REVELIA.[OU NAO TEM IDENTIDADE]BORBA VILA VIÇOSA OU REGUENGOS PELA SUA INCULTA LOGICA TAMBEM PODEM FAZER UMA MARCA COM O NOME ENDOVELICO JA QUE ESTAO TODOS NO ALENTEJO.OU ENTAO ATE A NIVEL NACIONAL E POSSIVEL FAZER O MESMO JA QUE SE ALARGAM HORIZONTES.AGORA FOI A SUA LOGICA QUE FOI MAIS EGOISTA.ALANDROAL UM CONCELHO TRES CASTELOS ONDE UM DELES E O DE TERENA ESTA CORRECTO OUTRO O DE JUROMENHA OUTRO ALANDROAL CORRECTO.POIS NAO PODIA DAR MELHOR EXEMPLO OS MONUMENTOS AUTOIDENTIFICAM-SE [MONUMENTO ORIGEM]PROVA DISSO SAO AS COODENADAS GPS AO MILEMETRO.

Anónimo disse...

Então e voçe devia estar contente qualquer terra que faça publicidade a marca "terras do endovelico" esta a fazer com que terena fique mais conhecida a nivel nacional uma vez que muita gente não sabe o que é o endovelico e ira ter curiosidade de saber o que é, qualquer simples busca na internet ou em livros ficara a saber o que é e que pertençe as terras de Terena uma vez que são registos historicos, eu proprio tambem gostaria de ver terena conhecida a nivel nacional uma vez que "sou de ca e ca me encontro" não estou querendo dizer que o sr.(a) não tem razão no que diz mas acho que o importante é ter uma marca desta qualidade no nosso conselho que será uma mais valia para todos!Boas tardes

V