Seguir por Email

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

NOTÍCIAS CMA



Alandroal Recebe Noite de Comédia No Próximo dia 24 de Fevereiro

O Fórum Cultural e Transfronteiriço de Alandroal recebe, no próximo dia 24 de Fevereiro, o espectáculo de comédia “Duas Horas Sorrindo”, com a presença dos artistas Serafim, Augusto Corujo, João Ficalho e José Carlos.
Com início marcado para as 21:30 horas, o espectáculo, que faz parte da rede cultural Teias, promete intensos momentos de humor e boa disposição, para toda a família. A Câmara Municipal de Alandroal convida-o a assistir a este divertido espectáculo, que vai aliar a comédia e a música.
Recorde-se que o projeto Teias teve início em 2011 e continuará a desenvolver-se este ano, proporcionando a programação cultural em rede nos municípios do distrito de Évora e no município de Palmela, com o financiamento do programa INAlentejo.
Fonte: Gabinete de Imprensa CMA

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

OPERAÇÕES EM CUBA



Saúde

Idosos com dívida de 50 mil €

Câmara do Alandroal ainda não pagou operações realizadas em Cuba

Por:Sónia Trigueirão/ Cristina Serra

Entre Abril de 2008 e Fevereiro de 2009, a Câmara do Alandroal promoveu quatro viagens a Cuba para tratamentos oftalmológicos a mais de 50 idosos, mas deixou aos serviços cubanos uma dívida de 50 mil euros.

Ao que o CM apurou, o actual presidente da câmara, João Grilo, aguarda um parecer do Tribunal de Contas (TC) para saldar as dívidas – deixadas pelo antecessor João Nabais –, caso contrário Cuba poderá facturar directamente aos doentes. Alguns já faleceram e outros não têm condições para pagar.

O receio da autarquia de o TC chumbar o pagamento da factura ganha peso depois de, em Janeiro de 2011, as despesas feitas pela Câmara de Vila Real de Santo António com as operações às cataratas em Cuba, por falta de resposta dos hospitais nacionais, terem sido consideradas "ilegais" por esse tribunal. Uma auditoria às contas da autarquia do Algarve detectou que foram gastos cerca de 640 mil euros com os doentes enviados a Cuba entre 2007 e 2009.

A contratação dos serviços médicos e de transporte necessários para viabilizar as cirurgias não foi objecto de "concurso público ou concurso limitado por prévia qualificação", pelo que os pagamentos efectuados "são ilegais e susceptíveis de configurar eventual responsabilidade financeira sancionatória". Com base nos totais de despesa e no acordo entre as autoridades cubanas e o município, relatados pelo TC, terão sido tratados em Havana 220 doentes, com um custo médio de 2900 euros: cirurgia (1300 euros), viagens e internamento.

No que diz respeito à autarquia do Alandroal, terão sido gastos 250 mil euros com as viagens e cirurgias em Cuba. Segundo dados revelados pela própria autarquia, os 50 mil euros em dívida são só das consultas.

INDEMNIZAÇÃO DE 780 MIL €

A Câmara Municipal do Alandroal, actualmente presidida por João Grilo, exige ao antigo autarca socialista João Nabais uma indemnização de cerca de 780 mil euros por danos patrimoniais e morais. No entanto, o antigo presidente de câmara afirma estar de "consciência tranquila" e aguarda que "a Justiça funcione".

DOENTES REPETEM CIRURGIA AOS OLHOS

Seis dos 50 idosos do Alandroal operados às cataratas em Cuba tiveram de ser posteriormente submetidos a cirurgia no Instituto Oftalmológico Extremeño, em Mérida, Espanha. Mais uma vez, foi a câmara alentejana que pagou a factura. Ao todo, foram gastos mais de 250 mil euros em operações e viagens a Cuba. Despesa que a actual autarquia contesta, por não terem sido esgotadas todas as possibilidades de tratamento no Serviço Nacional de Saúde.

A autarquia acusa ainda João Nabais de ter viajado para Cuba à conta do orçamento camarário. "O autarca da altura participou em todas as viagens, com duração média de três semanas, chegando a estar um mês em Cuba, sempre acompanhado de uma comitiva composta por cinco a sete pessoas, sempre alojadas em hotéis de cinco estrelas, com todas as despesas de viagem e estada pagas pela autarquia. O presidente do município e uma acompanhante viajavam em primeira classe", adiantou ao CM fonte do Alandroal.

AUTARCA ESPERA JULGAMENTO

Actualmente, o antigo presidente da Câmara Municipal do Alandroal, João Nabais, aguarda julgamento para responder à acusação de 117 crimes de peculato, 90 crimes de peculato de uso e 29 de denegação de Justiça. É criticado por ter acompanhado os idosos em todas as viagens a Cuba. Viajava com a comitiva e a autarquia pagava.

Fonte: Correio da Manhã de 19.02.2012


Notas:

1. Esta dívida estava na câmara desde Fevereiro de 2009. O antigo presidente ainda teve 8 meses para a pagar e não o fez;

2. Em caso algum devem ser os idosos a pagar esta factura. Que a pague quem fez aproveitamento político vergonhoso dos problemas das pessoas e com custos tão elevados para o município.

3. Os custos associados às viagens e estada do antigo presidente e comitivas (que chegaram a incluir elementos tão indispensáveis como nadadores salvadores, cantoneiros de limpeza e técnicos de inglês) foram muito superiores aos custos com os idosos e tornaram as operações várias vezes mais caras do que em Portugal. É este o verdadeiro escândalo desta operação.

4. Os números avançados pelo Correio da manhã podem estar àquem da realidade. A câmara deve apurar até à exaustão todas as despesas realizadas.

5. Como o actual presidente já declarou, é importante que se esclareça que NUNCA FEZ PARTE DE QUALQUER COMITIVA A CUBA, A PROPÓSITO DAS OPERAÇÕES OU QUALQUER OUTRO FIM, NEM SEQUER ALGUMA VEZ VISTOU CUBA A TÍTULO PESSOAL OU QUALQUER OUTRO. Querem fazer parecer que toda a gente é igual mas os munícipes do Alandroal já perceberam as diferenças.

6. O MUDA congratula-se com a posição tomada pelo actual presidente no início do mandato ao cancelar imediatamente o cartão de crédito que estava atribuído ao presidente e ao assumir que não seria realizada qualquer viagem ao estrangeiro durante todo o mandato.

7. O MUDA congratula-se ainda com todo o apoio que o actual executivo tem canalizado para os idosos e pessoas mais necessitadas do concelho, com destaque para o pagamento a tempo e horas das comparticipações do cartão social do idoso que tinham mais de um ano de atraso no final do anterior mandato. Também os novos serviços criados neste mandato (carrinha móvel de pequenas reparações, loja social, serviço de teleassistência) e outros em preparação mostram que os poucos recursos disponíveis devem ser aplicados de maneira a chegar ao máximo de beneficiários e não em jogadas de baixa política e promoção pessoal a milhares de quilómetros de distância e com custos incalculáveis.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

João Grilo no programa "Portugal Portugês"

Siga a ligação em baixo para visualizar o programa da TVI 24 "Portugal Português", sobre o tema "Alqueva", e onde participou João Grilo.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

NOTÍCIAS CMA



Alandroal: Município Estabeleceu Protocolo de Teleassistência a Idosos

Com o objectivo de promover as relações de proximidade e combater o isolamento e a dependência da população sénior, a Câmara Municipal de Alandroal estabeleceu um protocolo com a Cruz Vermelha Portuguesa para prestar o serviço de Teleassistência a idosos, que irá ser
apresentado à população do concelho a partir do próximo dia 22.

Numa altura em que este tema é cada vez mais actual, e pelas piores razões, o protocolo prevê que os idosos do concelho possam usufruir de um serviço prestado pela Cruz Vermelha Portuguesa, constituído por um terminal que permite comunicar diretamente com os serviços de
emergência, em casos de necessidade, apenas com o premir de um botão. Além disso, o sistema integra ainda uma linha de combate à solidão que poderá ser utilizada pelos idosos sempre que sintam necessidade de falar com alguém.

O serviço será apresentado à população no próximo dia 22 de Fevereiro, pelas 10:00 horas, na junta de freguesia de Santiago Maior, e pelas 15:00 horas na junta de freguesia de Capelins. No dia 23 serão as juntas de freguesia de Terena (10:00 horas) e Mina do Bugalho (15:00 horas), a receber a apresentação do serviço.

Já no dia 24 de Fevereiro o serviço será apresentado na junta de freguesia de Nossa Senhora da Conceição – Rosário – pelas 10:00 horas, e na junta de freguesia de Juromenha, pelas 15:00 horas. Todos os interessados em saber mais informações sobre este serviço podem contactar o Gabinete de Acção Social da Câmara Municipal de Alandroal.
Fonte: Gabinete de Imprensa CMA

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

NOTÍCIAS CMA


Município Promove III Edição daMostra Gastronómica do Peixe do Rio de Alandroal



O Município de Alandroal leva a cabo, entre 2 a 11 de Março de 2012, a III Edição da “Mostra Gastronómica do Peixe do Rio de Alandroal”, um certame destinado a dar a conhecer, ao público em geral, a sua riquíssima tradição gastronómica e cultural, ligada ao rio Guadiana, hoje
transformado em Alqueva nos 60 km de margem que atravessam o concelho, e ao peixe do rio.

Durante dez dias consecutivos, os visitantes vão poder degustar os pratos mais tradicionais mas também algumas novidades. Assim, para além da “Caldeta de Peixe do Rio”, do “Peixe Frito” ou
da “Carpa Assado no Forno” podem também ser apreciados o “Lúcio-Perca Grelhado com Molho de Poejos”, “Açorda de Savel”, “Lúcio Perca Recheado”, “Achigã em Molho de Tomate” ou “Peixe do Rio Grelhado na Brasa com Molho de Coentros”.

O município aposta ainda este ano na promoção da mostra e do concelho na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) que decorre em simultâneo. Pelo stand do município, integrado no espaço do Turismo do Alentejo – destino convidado da BTL deste ano – vão passar os saberes e os sabores do Alandroal e algumas surpresas que vale a pena acompanhar.

No âmbito do Programa da Mostra, destaca-se um workshop de Culinária de Peixe do Rio com um conhecido chef, bem como ateliers para aprender a fazer os tradicionais pratos de peixe do rio. Um Passeio Pedestre na “Rota do Contrabando” e uma exposição subordinada ao mesmo
tema completam o programa da Mostra. Destaque ainda para “A Hora do Petisco”, que nos finais de tarde promete animar os cafés e restaurantes aderentes.

Os restaurantes e cafés aderentes - “Casa Mateus”, “Adega dos Ramalhos”, a “Chaminé”, o “Monte Agrícola”, “A Maria”, a “Herdade dos Barros”, “O Tarro”, “A Lanterna”, o “Zé do Alto”, as
“Pirâmides de S. Pedro”, “Hortelã da Ribeira”, “Pateo de Cascalhais”, “Central Alandroalense” , “Central de Orvalhos” e “Savana”– esperam por si. Durante os dias da mostra os alojamentos locais aderentes oferecem descontos especiais.
Fonte: Gabinete de Imprensa CMA

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

NOTÍCIAS CMA



Alandroal: Autarquia Reedita IniciativaAlandroal ConVidaEspecial Dia de São Valentim

Depois do sucesso com que se pautou a iniciativa “Alandroal ConVida – Especial Dia de São Valentim”, no ano de 2011, a Câmara Municipal de Alandroal decidiu voltar a associar-se aos
estabelecimentos comerciais do concelho para organizar esta acção de dinamização do comércio local.

Aproveitando a comemoração do Dia de São Valentim, compre uma prenda para a sua cara-metade nos estabelecimentos aderentes à iniciativa e usufrua de apetecíveis descontos. Cosmética, ourivesaria, desporto, moda, cabeleireiros, alojamentos ou restaurantes são apenas alguns exemplos de bens e serviços a que poderá ter acesso a preços bastante convidativos.

Durante os dias 10, 11, 12, 13 e 14 de Fevereiro não deixe de passar pelas principais lojas do concelho, compre uma flor ou uma lembrança especial, tome a iniciativa e faça a sua cara-metade
sorrir, ao mesmo tempo que contribui para dinamização e preservação do comércio local.

“Alandroal ConVida – Especial Dia de São Valentim” é uma iniciativa que surge no seguimento da política de proximidade que a Câmara Municipal de Alandroal tem vindo a desenvolver com os agentes económicos locais, com o objectivo de, em conjunto, promover e desenvolver a economia local e melhorar a qualidade de vida da população. Recorde-se que já por ocasião do Natal, o Município promoveu o “Alandroal ConVida Especial Natal”, conseguindo aumentar significativamente as vendas do comércio local nessa altura do ano.
Fonte: Gabinete de Imprensa CMA

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

NOTÍCIAS CMA



Alandroal: Apoio Social é Prioridade da Autarquia

A Câmara Municipal de Alandroal aprovou a atribuição de 45 bolsas de estudo para o ensino superior e 23 apoios enquadrados pelo recém-criado “Regulamento de Apoio aos Estratos Sociais
Desfavorecidos do Concelho de Alandroal”, num claro esforço para apoiar aqueles que mais precisam.

O objectivo do Programa de Apoio Estratos Sociais Desfavorecidos no Concelho de Alandroal passa por dar respostas, imediatas, a problemas que afectem os Munícipes, em casos de comprovada carência económica e social, concedendo benefícios em áreas de intervenção relacionadas com as necessidades básicas de vida. A Atribuição de “Vales de Compras Alimentares”, para aquisição de carne, peixe, fruta ou legumes ou a atribuição de uma verba de 45€ mensais para o apoio ao arrendamento são exemplos de medidas previstas neste regulamento. Na última reunião de Câmara foram aprovados 16 apoios à alimentação, através de “Vales de Compras Alimentares”, e 7 apoios ao arrendamento.

Além de pretenderem inverter ou minimizar as dificuldades financeiras de algumas famílias do concelho, estas medidas têm ainda como objectivo promover o equilíbrio e coesão da população,
permitindo assim um desenvolvimento mais justo e equilibrado.

Como é sabido, a crise económica e financeira que afecta Portugal, e por consequência também o nosso concelho, tem deteriorado as condições de vida das famílias. Nesse sentido, e apesar da sua
débil situação financeira, a Câmara Municipal de Alandroal tem feito, ao longo dos últimos meses, um acentuado esforço para poder apoiar aqueles que mais precisam. A criação de 4 regulamentos de apoio social, entre eles o Regulamento de Apoio aos Estratos Sociais Desfavorecidos do Concelho de Alandroal, são um claro exemplo desse esforço.

O Município de Alandroal continua também a apoiar os estudos a jovens cujas possibilidades económicas não lhes permitam fazê-lo apenas pelos seus próprios meios e, por isso mesmo, aprovou este ano um total de 45 bolsas de estudo, num investimento superior a 30 mil euros.
Fonte: Gabinete de Imprensa CMA