Seguir por Email

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

EM QUE É QUE FICAMOS?

1. DA ORIGEM DA DENÚNCIA
QUEM NÃO QUER SER LOBO...
A Polícia Judiciária esteve no Alandroal a fazer diligências (e não "buscas" como se anda a dizer. Buscas marcadas com antecedência de uma semana?) na sequência da participação ao Ministério Público.
Quem fez a participação?
Diz a senhora presidente à Rádio Campanário (25-02-2015): “o aviso chegou na semana passada de que iríamos ter a visita dos Inspetores da Judiciária e ela confirmou-se, o que sabemos é que essa vinda tem a ver com a denúncia que foi apresentada pelo vereador João Nabais, contra o anterior presidente da câmara, João Grilo”, como quem diz, eu não tenho nada a ver com isso!
Mas o ofício que anda a circular nas redes sociais diz o contrário:

Em que é que ficamos?
O vereador Nabais fez a proposta! O Executivo votou por unanimidade! E a Presidente subscreveu a participação!
A responsabilidade é, portanto, no mínimo PARTILHADA. Mas na verdade, e em última análise, foi ELA que subscreveu a denúncia e a validou com os 3 VOTOS DA CDU.
Por outras palavras, o vereador Nabais, em toda a sua fúria de vingança destrutiva (e até auto-destrutiva, ao contrário   do que ele pensa!), nunca conseguiria fazer passar esta proposta na câmara sem o acordo da CDU. Com isso ganhou para a denúncia uma credibilidade institucional que nunca conseguiria se a apresentasse sozinho.
Já sabemos que a senhora presidente entra com facilidade em graves contradições e agora parece querer sacudir a água do capote neste caso. Talvez não esteja a ficar tão bem na fotografia como pensava! Talvez algumas pessoas da CDU não se sintam confortáveis neste papel. Mas que este foi um "trabalhinho" conjunto, foi. Sabemos bem com que objectivos e contra factos não há argumentos!


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

MUDA CONVIDA



Próxima reunião:

21 DE FEVEREIRO, SÁBADO, PELAS 10H30, NA SEDE DO MOVIMENTO

Vem contribuir para a mudança de que o concelho precisa mais que nunca!