Seguir por Email

sábado, 31 de dezembro de 2011

BOM ANO DE 2012 PARA TODOS!

ORÇAMENTO 2012

Assembleia Municipal Aprovou Orçamento para 2012

A Assembleia Municipal de Alandroal aprovou, em reunião ordinária do passado dia 23 de Dezembro, as Grandes Opções do Plano e Orçamento para o município no ano de 2012. No valor de 20.865.233,60 euros, este orçamento representa uma redução de cerca de 10% em relação ao do ano anterior, ou seja, menos 2 milhões de euros. O orçamento foi aprovado com os votos favoráveis das bancadas do MUDA e da CDU e do eleito por Juromenha e com os votos contra da bancada do PS, que não apresentou qualquer razão ou justificação para esta votação.
João Grilo, Presidente da Câmara Municipal de Alandroal, apresentou este orçamento como sendo, “mais realista e mais adaptado às dificuldades que se avizinham no próximo ano e é mais um esforço no sentido de continuar a consolidação da dívida e aproximar o município da sustentabilidade financeira”.O Município vai sofrer uma redução de cerca de 300 mil euros nas transferências directas da Administração Central, através do Orçamento de Estado. Além disso, vai ter menos cerca de 200 mil euros de cobrança de impostos directos (IMI), uma vez que serão aplicadas as taxas mínimas por força da decisão da Assembleia Municipal em Novembro último.“É meio milhão de euros a menos para fazer face a todas as necessidades e vai ter que sair de algum lado, quem não pode sentir que trabalhamos com menos são os munícipes”, referiu o autarca.
Assim, o município prevê reduzir ainda mais a despesa nos eventos culturais e nos apoios a festividades. Já anunciada está a não realização, em 2012, do festival “Por Terras do Endovélico” que passa a realizar-se de dois em dois anos.Este orçamento reflecte as três prioridades definidas pela autarquia até ao final do mandato: reduzir despesa, executar obra e aumentar os apoios sociais.
Ao nível da redução de despesa de funcionamento da autarquia será necessário implementar medidas mais profundas. João Grilo refere que “a Câmara do Alandroal estava estruturada para funcionar para si própria, para dentro, para alimentar a sua própria estrutura pesada e onerosa. Temos vindo a alterar isto para colocar a câmara a funcionar para fora, para servir os munícipes e para canalizar mais recursos para esse fim. É um trabalho que está longe de estar concluído e que vamos ter que intensificar neste ano”.
Quanto às obras, o Município de Alandroal prevê concluir as que estão em andamento, como são os casos do “Centro Escolar de Santiago Maior”, “Complexo Desportivo de Alandroal” e “Loteamento Habitacional da Tapada do Cochicho”. Além disso, prevê-se ainda a conclusão da obra de Biblioteca Municipal, parada desde 2007. O município prevê ainda iniciar as obras de alguns projectos já com financiamento aprovado, designadamente, a “Requalificação do Interior do Castelo de Alandroal e Iluminação” e a “Creche de Santiago Maior”.Também previstas para avançar em 2012 está a “Criação do Pólo Escolar de Terena” e a “Requalificação do Troço de Ligação da ER 373 à Vila de Juromenha”. Também serão iniciadas, caso venham a ter financiamento comunitário aprovado durante o ano, as obras de “Remodelação do Sistema de Abastecimento de Água a Pias, Venda e Casas Novas de Mares”, “Reformulação do Sistema de Abastecimento de Água a Ferreira – Montejuntos” e a “Requalificação do Caminho Municipal 1109 entre Rosário e Ferreira de Capelins”.
No campo dos apoios, mantêm-se como prioridades o apoio aos investidores no concelho, a criação de emprego, os apoios à natalidade e fixação de famílias, os apoios às colectividades e associações, os apoios na educação e na saúde (cartão social do idoso) e os apoios aos estratos sociais mais desfavorecidos como forma de enfrentar um ano de 2012 particularmente difícil para todos.

Fonte: Gabinete de Imprensa da CMA

sábado, 24 de dezembro de 2011

BOAS FESTAS

O MUDA deseja a todos um Feliz Natal e um Bom Ano de 2012.

"A adversidade desperta em nós capacidades que, em circunstâncias favoráveis teriam ficado adormecidas" (Horácio)

É com esta firme convicção que o MUDA enfrenta 2012 e os seus desafios, e é com esta atitude que pretendemos contagiar todos aqueles que querem continuar a mudar este concelho para melhor.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

MUDA INFORMA


Alandroal: Município Apresentou Potencialidades do Concelho a Investidores e Definiu Estratégias de Actuação Futura

Promover o concelho de Alandroal como um local apetecível para os investidores privados, evidenciando os seus factores de competitividade, através do testemunho de empresas e empresários de sucesso que já estão implementados no concelho. Foi este o mote para o “1º Encontro Empresarial do Alandroal – Associativismo, Empreendedorimo e Dinâmicas Empresariais”, que decorreu no Fórum Cultural de Alandroal no passado dia 10 de Dezembro.

Organizado pela Autarquia local, em colaboração com a Confederação Industrial de Portugal (CIP), representada pelo seu presidente, António Saraiva, o encontro contou ainda com a colaboração da Associação de Beneficiários do Lucefecit, da Cooperativa Agrícola de Alandroal e da Cooperativa Agrícola de Santiago Maior.

Este fórum de debate e reflexão sobre as potencialidades económicas do concelho assentou na partilha de testemunhos dos empresários locais e contributos de empreendedores convidados. As “Boas Práticas de Gestão Empresarial como Factores de Sucesso da Economia” e a “Expansão para Novos Mercados e Atracção de Novos Investimentos” foram alguns dos temas debatidos por painéis compostos por experientes empresários, como o Eng. Luis Bulhão Martins (Sociedade Agrícola da Herdade do Pigeiro, Lda.), o Eng. Pedro Pontes (Famex) ou Eng. Carlos Ganopa (Cinterqual).

Também a ALANDAL, através do Dr. Vítor Aguiar e a ALANDROMAR representada pelo Eng. João Saúde, apresentaram as suas experiências de duas empresas instaladas no Alandroal viradas para a exportação, sendo que no caso da ALANDAL, a totalidade da produção se destina ao mercado externo.

A importância da criação de uma associação local de empresários e a criação de uma marca de qualidade do Alandroal, consubstanciada na aposta no sector agro-industrial do concelho, foram duas das principais conclusões do encontro, que teve um balanço final largamente positivo.

António Saraiva, presidente da CIP, referiu que “é de louvar esta iniciativa da Câmara de Alandroal porque denota um esforço de inverter a tendência de esquecimento a que o Alentejo tem sido votado. Ao longo das últimas décadas o Alentejo tem sido um pouco esquecido e isso levou ao abandono das pessoas e à não fixação das empresas. Isso tem que ser invertido. É preciso que as Autarquia façam esse esforço, como a Câmara de Alandroal está a fazer, para que se possa preparar um futuro melhor para esta zona do país”.

João Grilo, presidente do município alandroalense, salientou que este encontro “ajudou a definir para onde queremos ir, condição fundamental para escolher as estratégias que nos levem até esse destino no médio e longo prazo”. “Estamos apostados em ajudar os empresários a desenvolver a economia local e a criar emprego no concelho”, referiu ainda o autarca.

Recorde-se que o concelho de Alandroal apresenta um conjunto de factores, até aqui pouco explorados, que o tornam um local com enormes potencialidades para a localização de empresas. A proximidade com Espanha, as boas acessibilidades, os bons indicadores ambientais e os vários apoios que a Autarquia tem para oferecer aos empresários que se queiram fixar no concelho, são alguns dos pontos fortes.



Fonte: Gabinete de Imprensa da CMA

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

MUDA ESCLARECE

SOBRE O CONSELHO CONSULTIVO DO PRESIDENTE DA CÂMARA

Como já vem sendo hábito, sempre que a gestão MUDA do município toma medidas inovadoras, corajosas ou de rotura com esquemas do passado logo algumas vozes cobardes e anónimas se apressam a distorcer os propósitos e a lançar a confusão.
É o que estão a tentar fazer com a criação do "Conselho Consultivo do Presidente da Câmara".

Temos problemas sérios e grandes desafios pela frente. Todos os esforços que fizermos em conjunto são fundamentais para um futuro melhor e as vozes da calúnia, da difamação, da mentira e da divisão devem ser combatidas por todos os que querem o melhor para o concelho do Alandroal.

Assim, o MUDA vem esclarecer o seguinte:

Este NÃO É UM ÓRGÃO DE NATUREZA POLÍTICA, quem lá está só se representa a si próprio e ninguém está rotulado e é nesse espírito que os presentes aceitaram o convite.

Este é um órgão NÃO VINCULATIVO, de natureza informal que apenas se destina a criar mais um espaço onde o presidente possa ouvir pessoas que normalmente não estão próximas da câmara mas que podem contribuir para aumentar a discussão e a troca de ideias. NINGUÉM GANHA DINHEIRO POR LÁ ESTAR!

Foram convidadas pessoas de todos as sensibilidades, de todas as idades, de todas as zonas do concelho e de fora dele. A escolha não foi, nem podia ser, exaustiva e é natural que vão entrando novos membros ao longo do tempo;

Este é um órgão criado POR INICIATIVA DO PRESIDENTE DA CÂMARA, logo, é natural que, num primeiro momento, tenham nele assento pessoas directamente convidadas por este;

Contudo, de acordo com o regimento proposto, QUALQUER CIDADÃO pode vir a fazer parte deste conselho desde que proposto pelos seus membros e aprovado pela maioria dos mesmos. Ou seja, ATÉ PODIA SER, MAS NÃO É O PRESIDENTE GRILO QUE VAI DECIDIR QUEM ENTRA OU NÃO ENTRA.

Os vereadores, membros da assembleia municipal e Presidentes de Junta dispõem de outros tempos e espaços para discutir com o Presidente da Câmara as matérias da governação do concelho;

Os dirigentes associativos, dirigentes dos bombeiros, agrupamento de escolas, etc. também dispõem de outros fóruns onde reúnem com regularidade com o Presidente da Câmara (Rede Social, Conselho Municipal de Educação, Protecção Civil, etc.);

O MUDA congratula-se por o Alandroal ser o primeiro concelho da região a instalar um “órgão” desta natureza, num sinal claro do Presidente da Câmara de abertura à sociedade civil, de capacidade de envolvimento e diálogo, postura fundamental nos tempos que correm.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

ENCONTRO EMPRESARIAL


Alandroal: Autarquia Reúne Empresários e Industriais para Debater Oportunidades de Investimento no Concelho

A vila de Alandroal, no distrito de Évora, prepara-se para receber o “I Encontro Empresarial de Alandroal – Associativismo, Empreendedorismo e Dinâmicas Empresariais”, iniciativa promovida pela autarquia local em colaboração com a Confederação da Industria Portuguesa, representada pelo seu presidente, António Saraiva, os principais agentes económicos do concelho e potenciais investidores. Este fórum de debate e reflexão sobre as potencialidades económicas do concelho vai ter lugar no próximo dia 10 de Dezembro, no Fórum Cultural Transfronteiriço.

A iniciativa, primeira do género realizada no concelho e aberta a todos os empresários e investidores, assenta na partilha de testemunhos dos empresários locais e contributos de empreendedores convidados. A Câmara Municipal de Alandroal pretende assim promover o concelho como um local apetecível para os investidores privados. Entre os vários factores de diferenciação que o concelho tem para oferecer, destacam-se o facto de ser um dos municípios de Alqueva, os bons indicadores ambientais e a proximidade a Espanha que fazem com que a agricultura, as agro-industriais, o turismo e as energias alternativas representem boas possibilidades de investimento. A tudo isto, junta-se todos os apoios que o Município tem para oferecer aos potenciais investidores.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Alandroal, Joao Grilo, “o momento actual é muito difícil, como todos sabemos. No entanto, não podemos ficar parados e, muito pelo contrário, devemos, em conjunto, procurar as soluções que possibilitem o crescimento económico do concelho”.

ALANDROAL CONVIDA ESPECIAL NATAL


“Alandroal ConVida – Especial Natal” Dinamiza Comércio Local em Época Natalícia

Com o objectivo de levar os munícipes a fazer as suas compras de Natal no comércio local e, deste modo, contribuir para a dinamização da economia do concelho, a Câmara Municipal, em colaboração com os comerciantes aderentes, vai lançar uma campanha designada “Alandroal Convida – Especial Natal”.

Na prática, a iniciativa, que vai decorrer durante todo o mês de Dezembro, consiste na criação de um conjunto de descontos especiais nesta época natalícia em todos os estabelecimentos aderentes.

Além disso, por cada 10€ em compras realizadas nesses estabelecimentos terá direito a uma senha de participação no sorteio de um prémio de 500€ em compras nos estabelecimentos aderentes, oferecido pelo Município de Alandroal.

“Alandroal ConVida – Especial Natal” é uma iniciativa que faz parte da estratégia de proximidade que a Câmara Municipal de Alandroal tem vindo a desenvolver com os agentes económicos locais, com o objectivo de, em conjunto, promoverem e desenvolverem a economia local e melhorarem a qualidade de vida da população.