Seguir por Email

domingo, 11 de agosto de 2013

TEXTO PARA PUBLICAÇÃO - HELDER SALGADO


Venham mais quatro

Quatro anos de convivência democrática, de sã camaradagem baseada na diversidade e no respeito mútuo.
Neste período de tempo o Concelho recuperou a credibilidade numa vivência de bons costumes e de melhores práticas, apesar das dificuldades constatadas neste período de tempo.
Tempo do quarto aniversário que pretendo assinalar com o entusiasmo e a convicção de um Movimento vencedor.
Quem nos acompanhou lembra-se certamente, do colorido, da garridice e da contaminante afetividade que irradiámos. As ruas do Alandroal, de Santiago, Carneiro, Ferreira, Montejuntos, Rosário, Terena, Mina, Hortinhas, Juromenha e até nos mais pequenos lugarejos são disso testemunhas.
Foi a coisa mais bonita que me aconteceu” confidenciou-me uma fidelíssima apoiante do MUDA.
Respondi com um sorriso acolhedor, que traduzido em palavras significou – aconteceu a todos.
Neste jeito homenageante não podia esquecer o Braga, perdão o senhor Braga. Não o conhecia.
Em Santiago ao som da sua concertina comecei a interrogar-me.
No restaurante do Senhor Miguel comecei a conhece-lo. Como normalmente me atraso, dei com o Braga parado à porta. A casa estava cheia. A ascensão do MUDA fora sempre crescente. Esperei um pouco já dentro.
O Braga só entrou quando o João Maria Grilo disse – "Entra Braga" – sorriu e entrou.
No Rosário surgiu a oportunidade de com ele falar – um percurso de vida igual a outros tantos.
Passados estes quatro anos, nós Movimento, nós MUDA estamos de regresso à Rua para vencer a grande corrida eleitoral.
Quando do último almoço do MUDA perguntei ao nosso Presidente pelo Braga.
O Braga morreu – foi a resposta.
Morreu o Braga mas a sua inconfundível imagem perdurará na nossa memória, como o símbolo de um imparável esforço, duma abnegação sem limites e até duma alegria emanada da sua já roufenha concertina.
O MUDA irá para a Rua com todos estes adjetivos e sobretudo com a humildade de um verdadeiro vencedor.
Contigo, connosco, com os verdadeiros democratas o MUDA vencerá.

Helder Salgado.
07-08-2013.

1 comentário:

Anónimo disse...

Bom dia!
Como sempre o Sr. Hélder Salgado, escreve mais um artigo (meia dúzia de palavras ) “Venham mais quatro”, uma das pessoas que conheci há quatro anos atrás, pessoa de bem, esforçando-se sempre em dar o seu melhor ao nosso concelho “Alandroal”.
São estes os verdadeiros sinais positivos, de encontrar gente de boa-fé, criar amizade, dar e partilhar um pouco de nós, há coisas que o dinheiro não compra, e essas sim, momentos que foram sempre de alegria pelo concelho fora, de povoação em povoação, conhecer cantos e recantos das aldeias, enveredamos por sítios onde mais ninguém o tinha feito, basta existir uma porta aberta e gente, para que transborda-se a alegria e transmitir a essas pessoas.
É bem verdade que o concelho se libertou, e permitiu a entrada de novas gentes, novas ideias e saberes, com liberdade todos nós ganhamos, até os desabafos que muito estavam atravancados nas gargantas dos quais tinha algum receio vieram prá praça...
A tarefa não se encontra terminada, o povo exige que este grupo de boa gente percorra os trilhos como há quatro anos atrás, e que os mesmos sejam percorridos com determinação… acldiaz