Seguir por Email

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O QUE MUDOU COM O MUDA (31)



MUDOU o destino do Complexo Desportivo de Alandroal.

A obra tinha sido iniciada no mandato anterior mas o empreiteiro ainda não tinha recebido um cêntimo. As verbas para a obra não estavam completamente asseguradas no orçamento do Município e não tinha sido garantido o financiamento da parte não suportada por fundos comunitários já que pelo excesso de endividamento foi recusado um empréstimo para esse fim (esta parte correspondia a 1 milhão e 325 mil euros). Por outro lado, estava a ser executado um projecto muito diferente daquele que tinha sido aprovado para financiamento comunitário e que nem sequer estava aprovado na câmara municipal.
A obra estava condenada a parar a qualquer momento. O próprio empreiteiro viria a declarar-se insolvente e em processo de recuperação financeira.
Foram interrompidos os trabalhos para fazer as possíveis correcções ao projecto, incluindo as marcações para rugby e “futebol de 7”, que não estavam pevistas, e o alargamento da vedação. Foram comprometidas mais de 70% das verbas necessárias para a concretização da obra no orçamento do Município para o ano de 2010 e foi retomada a obra com a parte não financiada a sair regularmente das (poucas) disponibilidades gerais da autarquia, num esforço que dificultou o cumprimento de outros compromissos.
Em resumo, a obra pode ter sido iniciada no anterior mandato, mas foi corrigida, melhorada, concluída e paga desde o zero neste e saiu totalmente do orçamento e do esforço deste mandato MUDA.

Valeu a pena MUDAR!
Vale a pena continuar a MUDANÇA!

Sem comentários: