Seguir por Email

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

OPINÃO


A minha opinião de “Desejo de vingança”
Como todos devem de calcular esta minha opinião vai apenas visar uma pessoa, que por vezes acha que é um a Alandroalense “à séria”!
Acho eu que, o desejo de vingança é um sentimento muito natural do ser humano ou um traço de personalidade de algumas pessoas. E ainda tem a ver hoje em dia com o “olho por olho, dente por dente”.
Pois bem, a candidatura do MUDA! Só e apenas se encontra na situação atual de não poder prosseguir, devido ao facto de um sr da oposição (cabeça de lista do dita) ter esse sentimento muito natural de vingança. Não entrando em pormenores do processo que todos já saberão, essesr apenas achou que teve a atitude que deveria ter na hora e agiu de acordo com o seu ser.
O ato que levou este sr a vingar-se é apenas uma resposta concreta impulsionada por sentimentos como raiva, ódio, rancor e injustiça. Como hoje em dia vivemos numa sociedade em que é “proibido” frustrar-se, logo o sentimento de vingança está associado a retaliar as consequências de uma situação que provocou dor, raiva e ódio.
Situações essas que ele é que provocou a si mesmo, resultado do mísero trabalho que exerceu durante os últimos cinco anos em que esteve no poder da CMA. Situações que apenas algumas pessoas “iguais a esse sr” ainda hoje não conseguem sequer vislumbrar o mau que foi. Amigos esses e outros novos (que ao desejo de vingança ainda tem o desejo do poder) por serem iguais não o conseguiram ou nem tentaram sequer demover o chefe do seu desejo de vingança, que no caso foi antidemocrático.
Na minha opinião uma pessoa que pensa de uma maneira excessiva em vingança pensa que o único modo de retribuição ao outro que acha que lhe fez mal, é este passar igualmente pela mesma situação, para poder de qualquer modo equilibrar o dano original. Desculpem mas esse srparece confundir o conceito de vingança com o conceito de justiça.
Acho eu e todas as pessoas mais ou menos cultas que a justiça busca a reconciliação, o acordo e segue princípios éticos, a vingança tem como objetivo prejudicar o outro para retaliar o mal que já foi feito.
Mas neste caso nem a justiça se preocupa com a democracia, com o bom senso, nem existe…
Esse sr não tem ética moral para apontar o dedo a ninguém, muito menos a pessoas que resolvem e continuarão a resolver as porcarias dos problemas que criou… essa pessoa não achou, nem acha que pode ganhar as eleições, apenas se quis vingar do (e talvez o tenha conseguido) que ele próprio sabia que ia acontecer no próximo dia 29, a derrota que já está estampada na sua candidatura como todos já sabem.
Posto isto e porque este sr não merece sequer que eu perca muito tempo a escrever sobre ele, eu escrevo apenas para desabafar sobre a minha opinião e partilhar o que eu opino, quero apenas que, caso o sr leia esta nota de desabafo, tenha em consideração que o perdão, e muitas vezes a indiferença são um dos caminhos para se lidar melhor com o desejo de se vingar. Mas acho importante reconheça este sentimento e fale sobre ele. Nesses casos um psicólogo pode auxiliar na elaboração deste desejo, procurando no mínimo uma solução saudável para a sua vida pessoal. Eu pessoalmente não acredito que esta pessoa se encontre bem… pelo contrário!!
Vamos acreditar na justiça, pelo bem necessário e em prol do nosso concelho. Viva o MUDA!
Elso Balixa

Sem comentários: