Seguir por Email

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PENSAMENTO

"Não há pior analfabeto que o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. O analfabeto político é tão burro que se orgulha de o ser e, de peito feito, diz que detesta a política. Não sabe, o imbecil, que da sua ignorância política é que nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, desonesto, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo."

Bertolt Brecht (1898-1956)

6 comentários:

Camões disse...

Fiz publicação no Poet'anarquista, a 10 de Março de 2010, com o título "Poeta e Dramaturgo", onde consta biografia e a citação que o blogue MuDA agora acaba de publicar.

Bertolt Brecht foi na verdade um grande poeta e dramaturgo, sendo toda a sua obra um exemplo de intervenção, provocando os leitores para os fazer participar activamente nas questões políticas e sociais.

Congratulo-me pelo pensamento postado no nosso blogue, ele não é mais que o despertar de algumas consciências adormecidas.

Cabé

Camões disse...

De Poet'anarquista, publicação de 11 de Setembro de 2010 com o título "Coisas que Acontecem", para MuDA.

Ainda sobre Bertolt Brecht e o abuso de poder...

"A EXCEPÇÃO E A REGRA

Estranhem o que não for estranho.
Tomem por inexplicável o habitual.
Sintam-se perplexos ante o cotidiano.
Tratem de achar um remédio para o abuso.
Mas não se esqueçam
de que o abuso é sempre a regra."

Bertold Brecht

Anónimo disse...

O que me revolta verdadeiramente, é que a maior parte dos Politicos, não aceitem absolutamente conselhos de ninguém que não pertençam á mesma cor, ou que não seijam lambe botas.
Logo, qualquer comentario que não vá de acordo, é conotado como "persona non grata".
Infelizmente é assim que funcionamos, por isso temos a merda de país que temos.
Este comentario de Bertold Brecht aqui postado enviei-o eu para o alandroalandia aqui á uns tempos em resposta a um outro comentario.
Antecipadamente, sei que o meu comentario não vai ser publicado, tal como todos os outros que já enviei(não são muitos pois só existem comentarios do camões).

ASS.Um muda sem palas nos olhos

Anónimo disse...

Bertolt Brecht é um dos maiores poetas e dramaturgos politicos do século XX. Viveu a ascensão do partido NAZI tendo-se exilado usou o teatro como uma arma poderosa de consciencialização política. Marxista desenvolve todo o seu trabalho na luta cultural contra o capitalismo.
"Privatizaram a sua vida,o seu trabalho,a sua hora de amar e o seu direito de pensar.
É da empresa privada o seu passo em frente,
o seu pão e o seu salário. E agora, não contentes, querem
privatizar o conhecimento, a sabedoria,
o pensamento, que só à humanidade pertence."

O pensamento, que só à humanidade pertende.

Carlos de Oliveira escreveu "Livre", que segue o pensamento Brechteniano, ícone da liberdade de Abril "Não há machado que corte a RAÌZ AO PENSAMENTO...

Anónimo disse...

Para o muda sem palas nos olhos...

"Sente-se.
Está sentado?
Encoste-se tranquilamente na cadeira.
Deve sentir-se bem instalado e descontraído.
Pode fumar.
É importante que me escute com muita atenção.
Ouve-me bem?
Tenho algo a dizer-lhe que vai interessá-lo.

Você é um idiota.

Está realmente a escutar-me?

Não há pois dúvida alguma de que me ouve com clareza e distinção?
Então Repito: você é um idiota. Um idiota.
I como Isabel;
D como Dinis;
outro I como Irene;
O como Orlando;
T como Teodoro;
A como Ana.
Idiota.

Por favor não me interrompa.
Não deve interromper-me.
Você é um idiota.
Não diga nada.
Não venha com evasivas.
Você é um idiota.
Ponto final.

Aliás não sou o único a dizê-lo.
A senhora sua mãe já o diz há muito tempo.
Você é um idiota.
Pergunte pois aos seus parentes.
Se você não é um idiota...
claro, a você não lho dirão, porque você se tornaria vingativo como todos os idiotas.
Mas os que o rodeiam já há muitos dias e anos sabem que você é um idiota.
É típico que você o negue.
Isso mesmo: é típico que o Idiota negue que o é.
Oh, como se torna difícil convencer um idiota de que é um Idiota.
É francamente fatigante.
Como vê, preciso de dizer mais uma vez que você é um Idiota e no entanto não é desinteressante para você saber o que você é e no entanto é uma desvantagem para você não saber o que toda a gente sabe.
Ah sim, acha você que tem exactamente as mesmas ideias do seu parceiro.
Mas também ele é um idiota.
Faça favor, não se console a dizer que há outros Idiotas: Você é um Idiota.
De resto isso não é grave.
É assim que você consegue chegar aos 80 anos.
Em matéria de negócios é mesmo uma vantagem.
E então na política!
Não há dinheiro que o pague.
Na qualidade de Idiota você não precisa de se preocupar com mais nada.
E você é Idiota

(Formidável, não acha?)"

Bertolt Brecht

ASS.Um muda com os olhos abertos

Anónimo disse...

Brecht exila-se primeiro na Áustria, depois Suíça, Dinamarca,
Finlândia, Suécia, Inglaterra,
Rússia e finalmente nos ESTADOS UNIDOS.
Recebeu o Prêmio Lênin da Paz em 1954
mudou completamente a função e o sentido social do teatro,
usando-o como arma de conscientização e politização
estudou medicina e trabalhou como babá numa mansão no Havaí
Eugen Berthold Friedrich Brecht
(Augsburg, 10 de Fevereiro de 1898 — Berlim,
14 de Agosto de 1956) foi um destacado dramaturgo,
poeta e encenador alemão do século XX.